Fechar

Notícias

18 Oct de 2019 Responsabilidade Social

Parceria entre MPT-GO e empresas possibilita nova oportunidade para população vulnerável

Projeto de empregabilidade já foi abraçado por 26 empresas goianas e reinseriu 150 trabalhadores no mercado de trabalho.  Integrantes de grupos de minorias, como moradores de rua, vítimas de agressão doméstica, ex-presidiários e transexuais são o público alvo da iniciativa. Entre as empresas parceiras está a Dinâmica Engenharia

 

Ressocializar, por meio de oportunidades de emprego, pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social essa é a proposta do projetos de empregabilidade do Ministério Público do Trabalho em Goiás (MPT-GO), que já desenvolveu sete edições desde novembro de 2018 e reinseriu 150 pessoas no mercado de trabalho. Integrantes de grupos de minorias como moradores de rua, vítimas de agressão doméstica, ex-presidiários e transexuais são o público alvo da iniciativa, que envolve a parceria com várias empresas goianas, 

 

“Iniciamos este projeto não com o viés de caridade, mas de também proporcionar ganhos para os parceiros, já que a aceitação de diferentes grupos de pessoas garante uma diversidade de pensamentos dentro das empresas, proporcionando mais inovação e rentabilidade”, destaca o procurador-chefe da entidade no estado, Tiago Ranieri. O projeto oferece formação humana, qualificação profissional e o encaminhamento, de forma acompanhada, para o mercado de trabalho desses grupos de pessoas em vulnerabilidade, frequentemente vítimas de preconceito, discriminação e invisibilidade social. A iniciativa também conta com a parceria da Organização Internacional do Trabalho (OIT), do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região - Goiás (TRT-GO) e da Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO).

 

Atualmente, 26 empresas participam do projeto, entre elas a Dinâmica Engenharia, que na semana passada recebeu o procurador-chefe da entidade em sua sede, no Setor Sul, em Goiânia. Participante de iniciativas voltadas para a comunidade e a responsabilidade social, a empresa abriu uma vaga em outubro para integrantes do projeto. “A Dinâmica tem participado de vários projetos voltados para a comunidade e, na obra do Celebrate Vaca Brava, acolhemos uma participante do projeto para a vaga de servente de pedreiro, destaca o diretor da construtora, Mário Valois.

 

Cerca de 210 pessoas passaram pelo projeto e 150 foram contratadas por empresas parceiras dos mais diversos setores, como a construção civil. Como forma de reconhecimento pelo empenho e a responsabilidade social, as empresas envolvidas no projeto são agraciadas com o selo de Empresa Amiga da Diversidade. “O selo é em formato de coração dourado que representa o ouro, um metal incorruptível assim como deve ser a relação entre as empresas, o Ministério Público do Trabalho e os trabalhadores”, destaca Ranieri.

Voltar