Fechar

Notícias

19 Sep de 2019 Responsabilidade Social

Trabalhadores realizam sonho de concluir estudos interrompidos

 

Após mais de dois anos frequentando uma sala de aula adaptada no canteiro de obras, onze estudantes na modalidade de Educação para Jovens e Adultos celebram a conquista do diploma de ensino médio e já pensam em novos horizontes

 

Onze pessoas e um grande sonho realizado: concluir os estudos interrompidos na infância ou adolescência. Esse foi o sentimento vivido por participantes do Programa Educação do Trabalhador, que depois de dois anos de muito esforço, receberam na última quarta-feira (18/09),  o tão esperado diploma do curso de ensino médio. A cerimônia de formatura dos estudantes na modalidade Educação para Jovens e Adultos (EJA) foi realizada no canteiro de obras do Celebrate Vaca, no Jardim América, em Goiânia, onde as salas de aula foram montadas. 

 

A realização do sonhos desses onzes trabalhadores foi possível graças a parceria entre o Serviço Social da Indústria em Goiás (Sesi Goiás) e a construtora e incorporadora Dinâmica Engenharia, que já levou o programa para várias de suas obras. O projeto atende, além de trabalhadores da construção civil, pessoas da comunidade, como a doméstica Maria Santana dos Reis, 49 anos, que saía todos os dias de Senador Canedo, às 14h40, e pegava dois ônibus para chegar às 17 horas na sala de aula improvisada em um canteiro de obras no Jardim América. 

 

Ela conta que no meio do curso pensou em desistir, diante das dificuldades, mas conseguiu em seus colegas de curso o incentivo e força necessários para continuar os estudos. “Depois de ter concluído os meus serviços na obra, a empresa me disse que eu podia continuar a frequentar as aulas, mas realmente era muito longe. Porém, meus colegas pediram para continuar e eu fiquei. E Deus me ajudou porque nos últimos dias eu até consegui um emprego mais perto da obra, que me deu uma animada”, lembra a doméstica.

 

De acordo com o diretor da Dinâmica Engenharia e apoiador do projeto, Mário Valois, a iniciativa faz parte de um conjunto de ações que visam promover o bom convívio entre moradores da região e funcionários. “Temos que parabenizar o esforço de cada um destes estudantes e de suas famílias, que apoiaram esse sonho”, destacou Valois emocionado.

 

Responsabilidade social

 

O pedreiro e motorista de aplicativo Vanderlei Batista Farias, um dos 11 formandos, com o diploma do ensino médio na mão diz que pretende seguir seu aperfeiçoamento. Ele conta que largou os estudos na 8ª série, ainda em 1978, para se dedicar ao trabalho. Depois dos bons e insistentes conselhos de um amigo, ele diz que decidiu voltar à sala de aula. “Tenho um amigo que já tinha começado a estudar na turma do EJA e ficava me cobrando para ir também. Eu achava que não aguentaria, pois entrava bem cedo e trabalhava até 17 horas e já tinha que sair direto para a sala de aula. Mas Graças a ele e ao desejo de querer ir além, tive o ânimo que precisava”, destacou Vanderlei logo após receber seu diploma.

 

Prestigiando a formatura dos trabalhadores, o superintendente do Sesi Goiás, Paulo Vargas, destacou a importância das empresas aderirem ao projeto e permitir que seus funcionários possam concluir seus estudos e com isso se tornarem colaboradores ainda melhores. “A educação é o caminho e a referência para solução de todos os problemas do País e as empresas, como as do segmento da construção, devem ter essa mentalidade e a percepção de atuar nas questões sociais, proporcionando benefícios que os trabalhadores levarão por toda a vida”, ressaltou durante a emocionante formatura que também contou com a presença de familiares e amigos dos formandos, além de colaboradores da Dinâmica Engenharia.

Voltar